Ocorreu um erro neste gadget

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2015

Paixão de setembro


     

'' Serei teu cravo e você minha flor''

E aquele sorriso é memorável. As vezes fico rindo atoa sem saber porquê. Foi tudo inesquecível. Eu tinha medo do tipo de sentimento que ficaria quando você fosse embora. Queria me permitir sentir o que você estava disposto a me dar, mas eu não podia querer que fosse para sempre. Era errado fazer você sentir atração por mim. Juro para você que demorei para perceber que não voltaria e seríamos memorias. Demorei para lidar com o fato de ser passageiro. Mas ainda me pergunto como teria sido me perder em seus braços. Como teria sido amar você? Com toda certeza, não seria fácil. Mas eu queria. O jeito que me olhou, a habilidade de me fazer esquecer o mundo. E a sua voz, me deixou aqui, aprisionada. Você levou mais do que devia. Não quero de volta, sei que vai cuidar bem. Tenho certeza de que a gente ainda vai terminar aquele beijo, e que aquele abraço ainda vai ser completado. Desculpa ter feito você sentir que poderia ficar. Não se preocupe, eu também senti isso. Tínhamos o abismo e fé demais. Não podia ter deixado ficar tanto tempo, meu coração sente sua falta. Alguma coisa me diz que isso ainda não acabou. Foi real demais para ir embora assim. Queria ter vivido isso com você. Mas me deixou ir fácil demais. E acabei indo. Voltei ao meu ponto final e fiz dele ponto de continuação. Quase virei a página por você. Só precisava de uma dose a mais do seu sentimento indefinido. 

#sentidos  #fofito

Nenhum comentário:

Postar um comentário